Voltando de uma vez por todas com as nossas postagens diárias, aproveito para chamar a atenção para a cidade de Itaperuna, no Estado do Rio de Janeiro. Pude presenciar o que já havia visto aqui, aqui e aqui antes do Natal e que persistiu até o dia em que vim embora de Além Paraíba (MG, divisa com RJ), na última segunda feira.

Nas fotos exclusivas que você acompanha neste post, você pode ver o caos na cidade Fluminense, causada pela enchente do rio Muriaé. Gastei mais de 1 hora para atravessar o centro da cidade, onde haviam pessoas que não sabiam para onde iam ou apenas estava a assistir a confusão no transito, já que nessa foto acima, os carros (inclusive o meu) estavam andando pela contra-mão, pois era a pista com menos água.

As população, para se locomover, utilizavam-se de veículos altos como caminhões e caminhonetes para atravessar a (ou toda a) parte alagada da cidade. Alguns até cobravam um valor absurdo para a população para poder utilizar os seus veículos para atravessar o centro de Itaperuna. Pude presenciar também, ruas e bairros inteiros alagados e, no centro novamente, a água correr com correnteza, praticamente arrastando um fusca que estava estacionado em frente as lojas. Abaixo, uma foto do terminal rodoviário de Itaperuna, local que, umas 5 horas antes, estava praticamente intransitável.

Esta era a rua por onde todos os carros estavam passando para poder dar a volta e sair da cidade. As outras passagens estavam completamente cheias de agua.

Enfim, as autoridades competentes, principalmente as federais, precisam tomar uma atitude quanto a essas cidades que enfrentam grandes enchentes como Itaperuna. Muriaé, cidade por qual passei antes de atravessar Itaperuna, também sofre por conta da cheia do mesmo rio que causou os estragos das fotos acima. Casas inteiras desabaram e centenas de pessoas estão desabrigadas. Tá certo que 60% destes problemas de enchentes e afins são causadas por ocupação desordenada da população ou mesmo o lixo gerado pela mesma e depositado em locais impróprios.

Infelizmente, a população que sofre com as enchentes também tem parte de culpa, mas isso não pode continuar assim. Medidas governamentais devem ser tomadas, a fim de sanar o problema ou parte dele. Cidades como Itaperuna, Campos (RJ), Muriaé (MG), Vila Velha (ES) e outras que sofrem com tantos problemas causados por negligência do poder executivo não podem ficar sofrendo com esse tipo de coisa.

É o Blogando e Andando 2009, também com jornalismo investigativo, na tela! [/mode Datena off]

Tags: , , , , , , , , ,